terça-feira, 18 de setembro de 2012

OPERAÇÕES DE TAXA COM OPÇÕES


Pessoal, criei esse blog com o objetivo de torná-lo uma fonte de informações e ferramentas para as pessoas que querem aprender cada vez mais sobre as modalidades de investimentos financeiros no Brasil e principalmente na nossa Bolsa de valores. Sou um defensor da educação financeira e espero poder contribuir, mesmo que com uma parcela pequena, com o avanço da educação financeira dos leitores do Blog!
Preparei para hoje uma Postagem para falar sobre OPERAÇÕES DE TAXA, que consistem na compra de determinada AÇÃO e a venda de uma OPÇÃO ITM (“in the Money”, em português dentro do dinheiro). Na montagem dessa operação já sabemos nossa FAIXA DE GANHO, FAIXA DE PERDA, PROTEÇÃO e LUCRO MÁXIMO (ou taxa máxima).

Eu faço operações de taxa e considero que algumas vantagens às tornam muito interessantes:
  •  Possibilidade de ganho com mercado em alta, lateral e até em queda (desde que não ultrapasse nosso nível de proteção).
  •  Facilidade de acompanhamento. Basta montar a operação, definir o STOP LOSS e monitorar as cotações. 
  •  Na montagem da operação temos informações suficientes para mensurar nosso resultado nas diferentes movimentações dos preços.

Aprendi com alguns professores que uma forma rápida de explicar determinado conceito é com um exemplo prático e bem explicado, então vamos a um exemplo de operação de taxa!

Valores reais disponíveis na planilha de taxas hoje - 18/09/2012

Ação: VALE5

Cotação atual da ação: R$ 38,31

Opção: VALEI37 (Ativo objeto: VALE5 / serié J: Vencimento em OUTUBRO)

Cotação atual da opção: R$ 1,99

Data de exercício (término da operação): 15/10/2012

Taxa ao mês: 1,87%

Proteção: 5,19%

STOP LOSS (hipotético): R$ 36,77

Distância até o STOP: 4,00%

Nessa operação dada como exemplo buscamos uma taxa de aproximadamente 1,9% com proteção de 5,19%, ou seja, mesmo que as ações caiam até R$ 36,32 (R$ 38,31 – 5,19%) não teremos prejuízo. Nosso lucro máximo será a partir de R$ 37,00, o que significa dizer que teremos uma taxa de 1,87% independente do valor das ações da VALE5, desde que esteja acima de R$ 37,00. Se no vencimento as ações estiverem em R$ 37,00 ou R$ 40,00. É importante frisar que os custos operacionais não são considerados nesses cálculos.
O STOP LOSS é necessário para nos proteger de maiores quedas e os critérios para definição do mesmo são uma decisão individual e que pode ser baseada em diversos critérios, mas o importante é que o STOP exista e de preferência esteja acima de R$ 36,32. Eu utilizo um “stop móvel” em função da velocidade de mudança dos preços. Lembrem-se: dizer que o STOP está 4% abaixo do nosso ponto de entrada não significa que teremos uma perda de 4% cado sejamos stopados.  Mesmo que a operação atinga nosso STOP LOSS é possível que tenhamos um resultado final positivo em função do ganho com a queda no valor das opções. Quem tiver curiosidade para saber como eu posiciono meu Stop pode me mandar um e-mail para Pedro.stancati@hotmail.com

Como eu escrevi no começo desse Post tenho o objetivo de ser uma fonte de INFORMAÇÕES (com a explicação do que são operações de taxa) mas também de FERRAMENTAS, por isso vou disponibilizar para todos a planilha que eu utilizo para monitorar as taxas do mercado em tempo real.

PLANILHAS PARA OPERAÇÕES DE TAXA (SÉRIES J E K)

As planilhas abaixo apresentam todas as informações necessárias para a montagem de uma taxa. São duas planilhas com exatamente as mesmas informações, porém, uma delas tem o LINK DDE da XP INVESTIMENTOS e a outra da BANIFINVEST. Meu intuito não é fazer propaganda das corretoras, mas são através delas que opero e por isso tenho a possibilidade de “linkar” as cotações com as plataformas de cada uma. Quem tiver conta em uma dessas corretoras basta logar no SHARKBROKER (Banif) ou no XP PRO (XP) que terá a atualização das cotações, prêmios e strikes em tempo real. Quem opera por outras corretoras basta substituir as células com informações de COTAÇÕES, PRÊMIOS E STRIKES pelo LINK DDE da corretora em questão. O único “trabalho manual” da planilha é atualizar a data atual (em preto) para que sejam calculadas de forma correta as taxas mensalizadas, eventuais feriados já são considerados para o cálculo de dias úteis.
Vocês podem observar que coloquei as taxas para PETR4 e VALE5. Pela liquidez e características das ações são as ÚNICAS em que faço taxas, para criar abas de outras empresas basta copiar e substituir os ativos.
Essas planilhas são perecíveis, ou seja, tem prazo de validade e “vencem” 15/10/2012 quando irei disponibilizar para vocês a nova planilha com as séries K (vencimento em novembro) e L (vencimento em dezembro).

Espero que façam bom proveito das planilhas, abaixo seguem os links para Download! Dúvidas? Não deixe de mandar um e-mail para Pedro.stancati@hotmail.com



IMPORTANTE OBSERVAR: Em função da distribuição de proventos os strikes das opções podem sofrer alterações, é preciso ficar de olho! Nossa planilha de acompanhamento traz o valor dos strikes atualizados!

GLOSSÁRIO - EXPRESSÕES MAIS COMUNS

Opções ITM (In the money) – Opções dentro do dinheiro, ou seja, que tem valor de exercício abaixo da cotação atual da ação.

Opções ATM (at the money) – Opções no dinheiro, cujo valor de exercício é o mais próximo da cotação atual da ação.

Opções OTM (out the money) – Opções fora do dinheiro, são aquelas que tem o valor de exercício acima da cotação atual do ativo objeto.

STRIKE – É o preço de exercício da opção, ou seja, o valor que serão vendidas as ações na data de vencimento.

PRÊMIO – Valor recebido por quem vende uma opção.

DICA: O melhor site que conheço sobre operações com opções é o http://www.bastter.com/BR/ com conteúdo excelente não só sobre operações de taxa mas também remuneração de carteira e tudo que envolve opções! Vale a visita.

Um Abraço a todos!

9 comentários:

  1. Muito boa matéria Pedro, explica de um jeito bom para quem quer entender tudo sobre essa operação que acho maravilhosa haha. ABraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou fã de operações de taxa haha
      Obrigado pelo comentário e pela visita! Abraços

      Excluir
  2. excelente a planilha! Tu tens algo similar para acompanhar as operações em ações? Obrigado. Cássio.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado! Tenho sim, estou fazendo algumas alterações nessa planilha e vou colocar a disposição no Blog para download mas posso te passar a que utilizo atualmente. Meu e-mail é pedro.stancati@hotmail.com me manda um e-mail que eu já te encaminho a planilha! Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Opa,bom dia,Olha eu aqui denovo,blog muito bom,sempre que dá passo por aqui,continua postando ai,quero ver isso aqui cada vez melhor,alguem ai sabe desse site http://www.rastreadorgps.org/ ? to querendo saber se é bom,dizem que rastrea carro,moto,pessoas até...alguem ja ouvir falar?abraços,bom trabalho ai com o blog que ta fera!

    ResponderExcluir
  5. Anderson, obrigado pela visita e pelo comentário! Não conheço o site, da uma pesquisada em fóruns que com certeza vc descobre se é realmente bom. Continue visitando o Blog. Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Será que ainda dá pra disponibilizar as planilhas?

    ResponderExcluir